Calendário Bolsa Família 2018: Datas de Pagamento, Saldo

Desde a sua primeira edição, no ano de 2004, o programa social desenvolvido pelo Governo Federal é um dos incentivos financeiros mais importantes para a população de baixa renda do país. Também este ano através calendário Bolsa Família 2018  mais de 13,9 milhões de brasileiros são auxiliadas por esse programa social. Saiba como irá funcionar recadastramento do calendário Bolsa Família 2018 a seguir.

Calendário Bolsa Família 2018

Calendário Bolsa Família 2018

É importante ressaltar que os beneficiários do programa social Bolsa Família precisam atualizar o seu cadastro a cada 2 (dois) anos e caso não haja o recadastramento, o cidadão poderá perder o seu direito ao abono.

Saiba todas as informações sobre o calendário Bolsa Família 2018 e não perca os prazos para resolver suas pendências com o estado.

Do que se trata o programa social Bolsa Família?

Um dos programas instituídos pelo Governo Federal mais bem-sucedidos, vem chegando a sua 14° edição.

Estamos falando sobre o Bolsa Família, programa que em todos os meses faz uma grande diferença na economia de tantas famílias ao redor do Brasil. De cunho social, a iniciativa pretende exterminar os cenários de pobreza extrema no país. 

Instituído pela lei n° 10.836/2004 e regulamentado pelo decreto nº 5.209/2004, o programa Bolsa Família proporciona um maior desenvolvimento social a nível nacional, elevando a condição de vida de milhares de pessoas carentes.

É importante lembrar que o programa, ao longo das suas edições, ganhou o reconhecimento internacional pelo seu desempenho. 

O órgão responsável pelo funcionamento do projeto é o MDS – Ministério do Desenvolvimento Social.

Todo o início de ano, o MDS divulga uma espécie de tabela com as datas de pagamento que servirão durante todo o ano vigente.

Essa tabela se denomina calendário Bolsa Família 2018 e é sobre esse calendário que iremos falar nos próximos tópicos. Acompanhe!


Quem tem direito ao Bolsa Família?

De uma maneira justa, o programa  social Bolsa Família visa distribuir determinada renda para auxiliar as famílias nos estados mais severos de pobreza.

Por isso, nem toda a população nacional tem direito a esse abono.

Confira a seguir quais são os requisitos para ser um beneficiário Bolsa Família:

  • A família que possuir uma renda per capita de R$ 85,00 por componente;
  • Famílias que possuem em sua composição familiar crianças e/ou jovens com idade limite de até 17 anos que estejam matriculados regularmente em alguma instituição de ensino da rede pública ou rede privada com o auxílio de bolsa-integral e recebam entre R$ 85,01 a R$ 170,00 por componente;
  • As famílias que possuírem crianças de até 7 (sete) anos devem promover o acompanhamento da criança ao médico em questão do crescimento e do desenvolvimento;
  • Gestantes que comprovem uma renda de até R$ 170,00 também poderá ter acesso ao benefício.

Lembrando que as crianças e aos jovens precisam ter frequência escolar de no mínimo 75% ao ano. 


Como se cadastrar no programa Bolsa Família?

Caso você se encaixe nos requisitos necessários, acompanhe como realizar a sua inscrição no programa Bolsa Família. 

O primeiro passo é estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais  – CadÚnico. Esse sistema reúne informações sobre todas as famílias de baixa renda do país com um intuito de oferecer acesso a serviços sociais básicos. 

Para se cadastrar no CadÚnico o responsável familiar deverá se encaminhar até a prefeitura da cidade onde reside ou em alguns casos,  nos próprios postos do CadÚnico (não existem em todas as cidades) portando os seguintes documentos:

  • CPF e RG de todos os membros da família;
  • Certidão de Nascimento/Casamento de todos os membros da família;
  • Documentos que comprovem a renda per capita e total familiar(carteira de trabalho de todos os jovens e adultos);
  • Comprovante de residência;
  • Título de Eleitor.

Para maiores informações sobre o CadÚnico, ligue para 0800 726 0207 e retire suas dúvidas com um dos seus atendentes. 

Depois de ter efetuado o seu cadastro no CadÚnico, poderá solicitar o cadastramento para o programa Bolsa Família no mesmo local. Para concluir esse processo você deverá levar os seguintes documentos:

  • CPF e RG de todos os componentes familiares;
  • Título de eleitor para os componentes acima de 18 anos;
  • Certidão de nascimento para as crianças, caso ainda não possuam RG ou CPF;
  • Certidão de casamento, caso hajam casados legais no meio familiar;
  • Documentos que comprovem a renda familiar de até R$ 170,00 mensais (Carteira de Trabalho);
  • Comprovante de residência;
  • Declaração de matrícula da instituição de ensino em que a criança ou jovem presente no meio familiar estudem;
  • Cartão de vacinação em dia (em caso de crianças de até 7 (sete) anos);
  • Um exame que comprove a gravidez (em casos de gestantes).

Munido de todos os documentos necessários é só pedir ao funcionário para fazer o cadastramento no programa.

O último passo é esperar a lista oficial dos beneficiários, para saber se você se encontra fazendo parte dessa lista acesse o site da Caixa Econômica Federal clicando aqui

  • Preencha o número do seu NIS;
  • Em seguida preencha o seu nome completo;
  • Clique em consultar.

Feita a consulta clique em download para ser disponibilizado a lista com todos os nomes dos responsáveis familiares e os restantes membros da família.

Este documento lhe dará a informação completa se o benefício está liberado ou não

Pretendendo saber informações sobre o Calendário? Acompanhe!


Calendário Bolsa Família 2018

Disponibilizado pelo Governo Federal o Calendário Bolsa Família 2018 deverá servir de base para os beneficiários do programa. O órgão responsável pelo pagamento do abono é a Caixa Econômica Federal. 

O acesso da tabela é muito simples! Através da internet, o cidadão poderá consultá-la e se planejar bem para sacar o seu valor.

Para ter acesso ao calendário atualizado clique aqui e procure pela opção “Calendário de Pagamentos

Caso você não tenha acesso frequente a internet, não se preocupe, pois haverão cartazes fixados nas agências da Caixa Econômica Federal, casas lotéricas ou ainda nos postos de saúde departamentos de assistência social contendo as informações do calendário Bolsa Família 2018.

Até o momento ainda não foi divulgada a tabela Bolsa Família 2018, sendo assim, confira a seguir o calendário do ano de 2017 e o tome como base:

Para consultá-la é bastante simples, os pagamentos serão realizados de acordo com os dígitos finais do seu cartão.

Confira o último dígito do seu cartão Bolsa Família e verifique na tabela acima em que dia o seu benefício será liberado para saque. 


Quanto receberei no programa Bolsa Família?

O auxílio financeiro do programa Bolsa Família é bem específico para as famílias carentes, ou seja, para as família cujo os rendimentos mensais ficam em torno de até R$170,00 para cada membro familiar.

Mas, os valores não são fixos! Cada benefício está distribuídos nas seguintes categorias:

  • Benefício Básico: Destinados para famílias de extrema pobreza, onde cada componente familiar receberá em torno de R$85,00;
  • Benefício Variável: Destinado para famílias no cenário de pobreza, que tenham em seu meio crianças de até 15 anos. O máximo de pessoas cadastradas é de até 5 (cinco) crianças. O valor é de R$39,00 para cada criança; 
  • Variável Jovem: Destinados para famílias que possuam jovens nas idades entre 16 e 17 anos e até 11 meses. O valor para cada jovem é de R$46,00 e o número máximo de beneficiários por família nessa categoria são 2 (dois). 
  • Variável Gestante: Destinados a famílias com grávidas o valor é de R$39,00 mensais.

Atenção: As famílias em situação de extrema pobreza poderão acumular o Benefício Básico, o Variável e o Variável Jovem, até o máximo de R$ 372,00 por mês. 

Importante lembrar que esses valores são correspondentes do ano de 2017, assim que houverem a divulgação para o ano de 2018 iremos adicionar a este post.


Como sacar o pagamento do programa Bolsa Família?

Ao conferir a data do seu pagamento na tabela conforme o número final do seu NIS, você deverá se dirigir até uma agência da Caixa Econômica Federal ou Casas Lotéricas, apresentando o seu Cartão do Bolsa Família a algum funcionário ou utilizar o próprio cartão diretamente no caixa eletrônico para realizar o saque do seu benefício.

Para ter acesso ao seu extrato, poderá realizar a mesmas ações, alterando de opção “saque” para a opção”extrato” no caixa eletrônico de sua preferência. 

 


Bolsa família bloqueado? Saiba o que fazer!

Caso você não tenha obtido sucesso ao atualizar o seu cadastro dentro do prazo de 2 (dois) anos, algo pode estar irregular no seu cadastro. Em casos de informações incorretas ou desatualizadas, o Governo Federal automaticamente cancela o seu pagamento.

Saiba o que fazer para recorrer a esta decisão:

  • Acesse o site da Caixa Econômica Federal clicando aqui;
  • Preencha os seus dados;
  • Clique em “Consultar”.

Ao verificar o motivo da pendência, vá até o CRAS de sua cidade ou a na prefeitura com toda a documentação necessária para que a pendência possa ser resolvida e que haja uma solicitação do desbloqueio.


Conheça o APP do Programa Bolsa Família

Disponível para todas as plataformas de Tablets e Smartphones, o aplicativo do Bolsa Família é mais uma forma de agilizar as demandas do mais de 13,9 milhões de beneficiários do programa.

Para instalá-lo no seu aparelho eletrônico basta seguir os próximos passos:

  • Procure pela loja de aplicativos do seu aparelho móvel;
  • Busque por “Bolsa Família;
  • Clique na primeira opção que aparecer na sua tela;
  • Clique em instalar.

Pronto, para iniciar sua sessão basta preencher os dados solicitados! 

Você ainda continua com alguma dúvida a respeito do calendário Bolsa Família 2018? Deixe um comentário e iremos fazer o possível para solucioná-lo.

Lembrando que assim que divulgadas as novas informações iremos adicionar a este post. 

 

Calendário Bolsa Família 2018: Datas de Pagamento, Saldo
5 votes. Average: 5 out of 5!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *